18 de fevereiro de 2013

Definição x Ganho de massa muscular


   Exercício cuida de músculos. O tipo de exercício que você faz define o tipo de adaptação que você quer colocar em sua massa muscular. Atividades aeróbicas adaptam sua massa muscular para um tipo histológico denominado tipo 1 de fibra que praticamente não faz adaptações estruturais, mas sim adaptações enzimáticas preparando o músculo para resistir a atividades que dependam de resistência, sendo assim, quanto mais aeróbico você fizer, mais resistência as atividades. Esqueça essa história de: "faço aeróbico para secar!!!" é um grande engano...  Já os treinos de força, feitos com uma transição gradativa de cargas, esses sim fazem sua musculatura aumentar de volume.

   Basicamente funciona assim: Treino trabalha músculo, dieta é que trabalha gordura. Obviamente uma não funciona sem a outra! claro que se você quiser volume de músculo  não é treinando para compensar um descontrole da boquinha nervosa que você vai conseguir um físico sarado, da mesma forma que se quiser correr uma São Silvestre só fazendo dieta que vai conseguir! 
   Quando comemos sem nos preocupar com a qualidade, quantidade e tempo de absorção dos alimentos, acabamos por elevar a insulina, hormônio cuja presença elevada constantemente determina que toda energia (carboidrato e gorduras) consumidos sejam desviados para reserva e não para disponibilização para atividade física, preste atenção como geralmente nos fins de semana quando saímos da dieta nos sentimos mais cansados, indispostos independente do tempo de sono/descanso, outra coisa chata é que quando temos muita insulina em nosso organismo, temos a anulação de alguns fatores de crescimento (os IGF´s) essa situação determina que seu corpo fique mais econômico, logo utiliza como combustível  massa muscular e não gordura, pois com menos massa muscular você tem um físico que gasta menos energia! entendeu? sendo assim a mensagem que enviamos ao nosso corpo através da dieta é uma escolha nossa!!! 
   A outra situação é compensar o descontrole alimentar aumentando o treino, mais ou menos assim: "Hoje eu vou comer, amanhã eu puxo no treino", errado!!! Você simplesmente eleva o seu cortisol ( hormônio que aumenta conforme o aumento de atividades diárias), principalmente para as atividades físicas, portanto o  negócio é assim mesmo, o descontrole no garfo faz você diminuir o ritmo de massa muscular e até perdê-la por causa da carência de fatores de crescimento que vai se estabelecendo devido a presença alta de insulina, além de te dar mais fome e mais estímulo para reserva de gordura e no final das contas, você aumenta a atividade física para compensar a dieta (ou falta dela) e acaba acelerando, através de quantidades altas de cortisol a transformação do pouco músculo que te resta em energia para ser consumida e reservada, que no fim das contas nada mais é que reserva de gordura! entendido?? espero que sim, para mim contribuiu muito esse texto do Muzzy!!! espero que  para vocês também!!!


0 comentários:

Postar um comentário